Previsões e flashbacks da minha imaginação!!!!!

Minha força está na solidão. Não tenho medo nem de chuvas tempestivas nem de grandes ventanias soltas, pois eu também sou o escuro da noite.(Clarice Lispector)

Cuide bem do seu amor, seja quem for…..

Cirurgia ou lipoaspiração?

Pelo amor de Deus, eu não quero usar nada nem ninguém, nem falar do que não sei, nem procurar culpados, nem acusar ou apontar pessoas, mas ninguém está percebendo que toda essa busca insana pela estética ideal é muito menos lipo-as e muito mais piração? Uma coisa é saúde outra é obsessão. O mundo pirou, enlouqueceu.
Hoje, Deus é a auto-imagem. Religião é dieta. Fé, só na estética. Ritual é malhação. Amor é cafona, sinceridade é careta, pudor é ridículo, sentimento é bobagem. Gordura é pecado mortal. Ruga é contravenção. Roubar pode, envelhecer, não. Estria é caso de polícia. Celulite é falta de educação. Filho da puta bem sucedido é exemplo de sucesso.
A máxima moderna é uma só: pagando bem, que mal tem? A sociedade consumidora, a que tem dinheiro, a que produz, não pensa em mais nada além da imagem, imagem, imagem. Imagem, estética, medidas, beleza. Nada mais importa. Não importam os sentimentos, não importa a cultura, a sabedoria, o relacionamento, a amizade, a ajuda, nada mais importa. Não importa o outro, o coletivo. Jovens não tem mais fé, nem idealismo, nem posição política. Adultos perdem o senso em busca da juventude fabricada.
Ok, eu também quero me sentir bem, quero caber nas roupas, quero ficar legal, quero caminhar correr, viver muito, ter uma aparência legal mas… uma sociedade de adolescentes anoréxicas e bulímicas, de jovens lipoaspirados, turbinados, aos vinte anos não é natural. Não é, não pode ser.
Que alguém acorde. Que o mundo mude. Que eu me acalme. Que o amor sobreviva.
“Cuide bem do seu amor, seja quem for”

Anúncios

Who cap the fit ????????

Homem por homem, não se pode confiar
Criança, não se sabe em quem acreditar
Seu pior inimigo pode ser seu melhor amigo
E seu melhor amigo seu pior inimigo

E ele vai sentar e comer com você
Porém por trás eles irão te mau-dizer
Se só ele souber de algo ao seu lado
Então logo isso, será revelado
Em quem servirá a Carapuça?
O tempo dirá a quem cabe a culpa

Muitos te odiarão fingindo te amar
Por trás tentarão te eliminar
Mas à quem Deus abençoa, ninguém jamais amaldiçoa
Graças ao Senhor, o pior já passou

Hipócritas e parasitas
Virão a tona e farão visita
E se de repente sua noite se tornasse em dia
Muitas pessoas, no flagra, fugiria
Em quem servirá a Carapuça?
O tempo dirá a quem cabe a culpa

Who the cap fit

Homem com homem, são tão injustos,Criança
Voce não sabe em quem confiar
Seu pior inimigo pode ser seu melhor amigo
E seu melhor amigo seu pior inimigo

Alucinação

Eu não estou interessado
Em nenhuma teoria
Em nenhuma fantasia
Nem no algo mais
Nem em tinta pro meu rosto
Ou oba oba, ou melodia
Para acompanhar bocejos
Sonhos matinais…

Eu não estou interessado
Em nenhuma teoria
Nem nessas coisas do oriente
Romances astrais
A minha alucinação
É suportar o dia-a-dia
E meu delírio
É a experiência
Com coisas reais…

Um preto, um pobre
Uma estudante
Uma mulher sozinha
Blue jeans e motocicletas
Pessoas cinzas normais
Garotas dentro da noite
Revólver: cheira cachorro
Os humilhados do parque
Com os seus jornais…

Carneiros, mesa, trabalho
Meu corpo que cai
Do oitavo andar
E a solidão das pessoas
Dessas capitais
A violência da noite
O movimento do tráfego
Um rapaz delicado e alegre
Que canta e requebra
É demais!…

Cravos, espinhas no rosto
Rock, Hot Dog
“Play it cool, Baby”
Doze Jovens Coloridos
Dois Policiais
Cumprindo o seu duro dever
E defendendo o seu amor
E nossa vida
Cumprindo o seu duro dever
E defendendo o seu amor
E nossa vida…

Mas eu não estou interessado
Em nenhuma teoria
Em nenhuma fantasia
Nem no algo mais
Longe o profeta do terror
Que a laranja mecânica anuncia
Amar e mudar as coisas
Me interessa mais
Amar e mudar as coisas
Amar e mudar as coisas
Me interessa mais…

Belchior…..

Recomeço de Chico Xavier

Recebi essa mensagem de uma amiga que amo muito…….

“Existem pessoas que se sentem ofendidas, magoadas por qualquer coisa; as mais leves contrariedades se sentem humilhadas. Ora; nós não viemos a este mundo para nos banhar em águas de rosas! Agradeço todas as dificuldades que enfrento, não fosse por elas, eu não teria saído do lugar… As facilidades nos impedem de caminhar. Mesmo as críticas nos auxiliam muito. Quando você não tiver uma palavra que auxilie, procure não abrir a boca. Não precisamos de tanta coisa para colocar tanta carga em cima de nós. Podemos ser chamados hoje à vida espiritual. Tudo que criamos para nós de que não temos necessidade, se transforma em angústia e pressão!
Valorizemos o amigo que socorre, que se interessa, que escreve, que telefona para saber como estamos..A amizade é uma dádiva de Deus..mais tarde, haveremos de sentir falta daqueles que não nos deixam experimentar solidão! A caridade é um exercício espiritual..Quem pratica o bem, coloca em movimento as forças da alma. Quando os espíritos nos recomendam, com insistência a prática da caridade, eles estão nos orientando no sentido de nossa própria evolução, não se trata apenas de uma indicação ética, mas de profundo significado filosófico. Tudo o que pudermos fazer no bem, não devemos adiar..carecemos somar esforços, criando uma energia dinâmica que se anteponha às forças do mal.
Uma das mais belas lições que tenho aprendido é não julgar definitivamente, não julgar a quem quer que seja.
O exemplo é uma força que repercute, de maneira imediata, longe ou perto de nós..Não podemos nos responsabilizar pelo que os outros fazem de suas vidas; cada qual é livre para fazer o que quer de si mesmo, mas não podemos negar que nossas atitudes inspiram atitudes, seja no bem quanto no mal.
Fico triste quando alguém me ofende, mas com certeza, ficaria mais triste se eu fosse o ofensor…Magoar alguém é terrível..tudo tem seu apogeu e seu declínio..é natural que seja assim. Quando tudo parece convergir para o que supomos o nada, eis que a vida ressurge Triunfante e bela… Novas folhas, novas flores, na indefinida bênção do RECOMEÇO “!

(Chico Xavier)

Meus seriados prediletos

Acordei saudosista hoje:

Programa Vera Toledo

O surfista Eduardo Amorim cozinhando no programa Vera Toledo.

Eu não vou me adaptar

Eu não caibo mais nas roupas que eu cabia
Eu não encho mais a casa de alegria
Os anos se passaram enquanto eu dormia
E quem eu queria bem me esquecia

Será que eu falei o que ninguém ouvia?
Será que eu escutei o que ninguém dizia?
Eu não vou me adaptar, me adaptar

Eu não tenho mais a cara que eu tinha
No espelho essa cara já não é minha
É que quando eu me toquei achei tão estranho
A minha barba estava deste tamanho

Será que eu falei o que ninguém dizia?
Será que eu escutei o que ninguém ouvia?
Eu não vou me adaptar, me adaptar
Não vou me adaptar!

Nando Reis e Arnaldo Antunes