Previsões e flashbacks da minha imaginação!!!!!

Minha força está na solidão. Não tenho medo nem de chuvas tempestivas nem de grandes ventanias soltas, pois eu também sou o escuro da noite.(Clarice Lispector)

Barulinho Bom….

Passei do colorido pro branco e preto. As pessoas tem andado em câmera lenta e os dias de chuva são os melhores. Falta um pinguinho de algo. Não sei o quê. Sou mutante, sou camaleão, sou um pinguinho de chuva naqueles dias que eu mais gosto.
Abro-me aos olhos curiosos, mas é só uma fresta, por que o doce e o amargo só eu posso sentir, ver e quem sabe às vezes tocar. Terra molhada, cheiro de mato, chuva, chuva, chuva, utopia…que barulinho bom…. destoa o passarinho.
O sal do mar na ferida faz lembrar a imensidão do azul e apesar de fundo e escuro sempre chega à terra firme. Terra nova.

 Por Juliana Castilho

Anúncios

No comments yet»

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: